Casinha na roça! Trem bão sô!

















Sempre amei casa de roça, o ar puro, a chuva caindo nas telhas gerando aquela soronidade com sinônimo de muita paz. Aquele fogãozinho de lenha que a dona da casa domina como ninguém. Galos, galinhas, angolas, patos criados soltinhos pelo quintal. O curral ali bem pertinho, onde o leite brota, o cheiro do estrume(nojento), mas eu gosto fazer o que?!
O ambiente de roça me acalma, abranda meus nervos, fico feliz só de estar na roça! Bão demais sô!


Eita cumu é bão uma casinha nu matu
Tendu uma ortinha du ladu
Prantano tudinho du nossu agradu
Conhendo nu tempu aprupriado
Um corguinho passano no fundo
Pra toma banho cumu veiu ao mundu
Vortano pra casinha pra drumi profundo
Isperano a muié na caminha, pra fica junto
Levantano bém cerdinho
Prá toma um cafézinho
Feito cum muito carinho
Pela muié que levantou mai cedinho.
Pra começa trata dos franguinho
E também dos passarinho
Que nu quintar mi ispera cum carinho
Esparramanu mio no quintar todinho
Arreiando meu cavalo baio
Pra da uma vorta no pasto
Olhano as poca cabeça de gado
Se tão tudinho no agrado.
Vortano pra minha casinha
Passo a mão na minha varinha
Pra i da uma pescadinha
No corguinho no fundo da cozinha
A mistura do armoço ja tem
Verdura na horta também

Que a muié prepara muito bém
Aproveitano tudo aquilo que tém
Quando chove então é uma belezura
Pela janela admiro a chuvarada
Aproveito curti a famiada

E me enrosco também com a fiarada.
Neviton Paschoal

  


1 comentários:

Anon das Casas Aluguel 22/10/2015 21:51  

Parabéns, também é meu sonho.

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Template Para Blogspot