Filhos que dormem com os pais

***Minha pequena Yasmin dorme comigo desde o dia em que chegou do hospital!

Uma dúvida muito comum aos pais é quando os filhos devem deixar de dormir em suas camas e se isso chega a ser prejudicial ao desenvolvimento da criança.
Hoje a impressão que eu tenho é que os pais querem isso, gostam disso. Acaba atrapalhando o sono de todo mundo, mas essa proximidade com o filho tem sido uma coisa muito desejada pelos pais, mães principalmente, na atualidade.

Às vezes por alguma alteração na rotina da casa, por causa do frio, devido o bebê estar doente, por conta de obras na casa, ou por estarmos muito cansados á noite para fazer o bebê dormir no berço quando ele acorda de madrugada... qualquer uma dessas pode ser a razão, levamos o bebê para dormir conosco e isso vira uma bola de neve! O bebê acostuma e lá estamos nós fazendo aquilo que dissemos que nunca iria acontecer: o bebê só dorme se for na nossa cama. 

E aí, o que fazer?


Não estamos sós: um estudo da Inglaterra diz que 40% das famílias deixam os bebês dormirem na mesma cama com os pais.
A grande maioria dos pediatras e especialistas condenam este hábito alegando uma série de malefícios tanto para o bebê quanto para os pais.

Entre eles os riscos físicos, de machucar o bebê, restringir os movimentos dele, até mesmo sufocar a criança. Alegam também que existe a possibilidade de criar na criança uma dependência dos pais, pondendo torná-lo um adulto inseguro e por fim, o desconforto dos pais na hora de dormir, a falta de privacidade e as limitações na vida íntima do casal.

Por outro lado há aqueles que acham que dormir com o bebê pode não ser tão ruim assim e defendem que por conta da rotina corrida dos pais, isso seria uma oportunidade para ter mais contato com o bebê. Afinal, hoje em dia a maioria dos pais e mães trabalham o dia inteiro e geralmente as crianças que ficam na creche chegam cansadas e logo dormem, o que reduz muito o tempo de convívio entre pais e filhos, especialmente os bebês que requerem mais atenção. Inclusive existem linhas de pensamento entre os psicólogos que, contradizendo a maioria, alegam que o fato do bebê dormir com os pais tem seus benefícios, pois a proximidade e o contato com os pais trazem segurança ao bebê e isso pode ajudá-lo a se tornar uma adulto mais seguro. Hummm...

São duas correntes contraditórias, mas ao mesmo tempo refletem uma realidade, a dos problemas e a dos prováveis benefícios.

Muitas mães, assim como eu, ficam preocupadas em não deixar que o fato de compartilhar a cama com o bebê se torne um inconveniente e principalmente que não seja uma situação que perdure por muito tempo. E a mais difícil das questões: Como fazer o bebê voltar a dormir no berço? Acho que essa é a parte mais difícil.

As teorias e técnicas que ensinam os pais a “devolverem” o bebê para o berço, fazem tudo parecer muito simples, mas nem sempre é assim, pois isso depende de disciplina, força de vontade e uma certa dose de sangue frio. Pois, no nosso coração de mãe, ás vezes nasce um sentimento de que deixar o filho chorando por muito tempo e sozinho no quarto pode ser uma crueldade e uma atitude de desamor. Nem sempre é. Mas precisamos também observar se o bebê não tem algum distúrbio do sono (ocorre em apenas 4% dos casos), se ele não está doentinho e querendo um pouco mais de atenção, se ele não tem terror noturno ou se o quarto não está com condições ambientais (temperatura, iluminação, barulhos, qualidade do colchão e etc...) que permitam que o bebê tenha um sono tranquilo e faça com que ele prefira dormir na cama dos pais.

Na grande maioria das vezes os problemas citados acima não são o motivo principal de o bebê não querer ficar no berço, mas sim a questão afetiva e psicológica de poder estar pertinho dos pais.


É duro, é difícil e é complicado fazer com que o bebê volte a dormir no berço, mas é necessário e saudável que ele se acostume de novo a dormir no berço, mesmo que de vez em quando ainda durma na cama com os pais (afinal ninguém é de ferro, né?).

Existem algumas técnicas para fazer o bebê voltar a dormir sozinho no berço, que eu não vou citar aqui agora, mas posso dizer que seguem duas linhas diferentes de pensamento.

Uma delas, que eu considero um pouco mais radical, defende que deve-se deixar o bebê chorando no berço até cansar. Dentro de três dias ele vai se acostumar gradualmente e vai passar por três etapas:

Primeiro dia: um berreiro que pode durar horas, e vai dormir quando cansar;

Segundo dia: talvez um berreiro, muito choro e vai dormir quando cansar;

Terceiro dia: chora, mas não demora muito a dormir.

A partir deste dia, se todos sobreviverem (brincadeirinha!), o bebê se acostuma e já dorme sem chorar.


A segunda linha, propõe uma readaptação mais gradual, porém mais cansativa, pois depende que um dos pais fique com o bebê no quarto até que ele adormeça, inclusive quando ele acorda de madrugada. E aos poucos o pai ou a mãe, vai deixando o bebê sozinho cada dia por mais tempo até que ele se acostume novamente.

Eu ainda não sei qual delas aplicar, pois a primeira, considero muito agressiva e já tentamos uma vez e os resultados foram desastrosos. Depois do primeiro dia de tentativa, a Sophia passou a acordar chorando e tremendo. Não gostei mesmo.

A segunda é bem mais cansativa, mas me parece a mais sensata, afinal fomos nós que levamos o bebê para a nossa cama e simplesmente querer que ele se readapte de um dia para o outro, não me parece muito legal, pois ele pode não entender muito bem porque é que antes papai e mamãe dormiam tão gostosinho junto com ele e agora não querem mais.

E vocês mamães estão passando por isso ou já passaram? Como resolveram?


2 comentários:

Karol rodrigues 14/10/2015 00:17  

Minha filha tem 1 e 2 meses e si dorme se for na minha cama non começo da noite dorme na rede depois acorda chora e vem pra minha cama e meu marido vai pra rede e o berço dela ta servindo de guardar roupas pra gente 😢 não sei oq fazer pra ela voltar a dormir no berço ou rede sozinha..

Karol rodrigues 14/10/2015 00:20  

Minha filha tem 1 e 2 meses e so dorme se for na minha cama non começo da noite dorme na rede depois acorda chora e vem pra minha cama e meu marido vai pra rede e o berço dela ta servindo de guardar roupas pra gente 😢 não sei oq fazer pra ela voltar a dormir no berço ou rede sozinha..

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Template Para Blogspot